terça-feira, 31 de maio de 2016

Futuro no presente
e caminho já há muito traçado.
Voz eloquente,
algo que já se espera e que não quer ser esperado.

Pensamento além e corpo bem assente
que por saber o aguardado
vive monotonamente,
divergindo com a vida alheia.

Sabe o que é e o que quer
e por assim ser, vive em vão.
Esta é a vida de um ser
em solidão.


Sabrina Margarido 10I

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comente aqui a notícia.